O artigo de Lucilla Briganti, “Mascates, machadeiros e carvoeiros dalla Toscana a Rio de Janeiro tra ottocento e novecento”, analisa o fluxo migratório espontâneo, apontado nas estatísticas oficiais italianas, que se dirigiu da Toscana para o Rio de Janeiro, envolvendo três profissões: vendedores ambulantes, madeireiros e carvoeiros. Escrito em língua italiana.

http://www.labimi.uerj.br/navegar/edicoes/02/Lucilla_Briganti.pdf

“As Itálias brasileiras”, entrevista do prof. Angelo Trento à Revista de História sobre os movimentos migratórios entre Itália e Brasil.

http://www.revistadehistoria.com.br/secao/a-historia-do-historiador/as-italias-brasileiras

Infelizmente, a Revista de História da Biblioteca Nacional deixou de circular e o site da publicação, que guardava todo seu acervo, não está mais no ar. As consultas nas revistas só poderão ser realizadas na própria Biblioteca. É lamentável!