Revista de Imigração e Colonização, 1948

Neste exemplar da Revista de Imigração e Colonização, além do valioso conteúdo sobre imigração no Brasil e em outros países, destacam-se dois textos sobre os refugiados da Segunda Guerra Mundial muito pertinentes ao tempo presente: TUCK, William Hollan. Expectativas para os refugiados (p. 51-54); Urge uma imigração razoável e maior colonização (p. 128-129), traduzido da edição espanhola do Boletim das Nações Unidas, de 1 de fevereiro de 1848, por Daisy Obes.

Biblioteca Digital SEADE

http://produtos.seade.gov.br/produtos/bibliotecadigital/view/singlepage/index.php?pubcod=10013206&parte=1

(PDF) Revista de Imigraçao e Colonizaçao 1948_1

“Anne Frank and her family were also denied entry as refugees to the U. S.” (by Elahe Izadi, The Washington Post)

“Muitos observam os paralelos históricos entre o debate atual sobre os sírios, que buscam refúgio nos Estados Unidos, e a situação dos judeus europeus que fugiam dos territórios ocupados pela Alemanha às vésperas da Segunda Guerra Mundial”. Políticas restritivas de imigração impediram que Otto Frank e sua família, a esposa Edith e as filhas Margot e Anne, entrassem nos Estados Unidos.

Margot e Anne Frank (Auschiwitz Memorial)

https://www.washingtonpost.com/news/worldviews/wp/2015/11/24/anne-frank-and-her-family-were-also-denied-entry-as-refugees-to-the-u-s/?utm_term=.4c051087f358